o que é, para que serve, benefícios e efeitos colaterais

Foto do autor
Written By Livia Andrade

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur pulvinar ligula augue quis venenatis. 

[ad_1]

iStock

Tirado de maconhaO CBD pode ser usado no tratamento de doenças como epilepsia, fibromialgia, Alzheimer e Parkinson. No entanto, seu uso pode levantar algumas dúvidas sobre os efeitos no organismo. Então leia a explicação da Dra. Lais Franciele Portela (CRM-BA 31512) sobre essa substância.

O que é CDB

Segundo Lais, o CBD, ou canabidiol, é “apenas um dos fitocanabinóides encontrados na cannabis, pois existem mais de 100 tipos diferentes desses compostos químicos”. O médico explicou que existem 3 tipos desta planta, a saber: cannabis sativa (o mais famoso de todos) pontos de cannabis e cannabis ruderalis.

O médico disse que além do canabidiol, maconha também possui outras substâncias com efeito medicinal, como, por exemplo, o “THC (delta-9-tetrahidrocanabinol), que, apesar de muito temido, também possui propriedades terapêuticas muito importantes. Assim como terpenos, flavonóides, alcalóides e outros que ainda estão sendo explorados.”

Para que tratamento é indicado o canabidiol?

iStock

O uso médico do canabidiol é variado. Pode ser “usado para tratar dores crônicas, insônia, epilepsia, autismo, ansiedade, depressão, fibromialgia, doença de Alzheimer, doença de Parkinson, doenças da pele, assistência em cuidados paliativos e outros”. Segundo o médico, isso só é possível devido à combinação de efeitos do CBD, THC e outras substâncias presentes no organismo. maconha.

Benefícios para a saúde do CBD

“O CBD tem efeitos terapêuticos bem documentados como ansiolítico (ansiedade), anticonvulsivante, anti-inflamatório, antioxidante, antipsicótico e antidepressivo. O THC também tem potencial anti-inflamatório e também atua como antiemético (para náuseas e vômitos), analgésico, anticonvulsivante, estimulante do apetite, relaxante muscular, ansiolítico e indutor do sono”, explica Lais.

Apesar de efeitos semelhantes, essas substâncias apresentam algumas diferenças: “O THC pode ter um efeito psicoativo, mas o CBD não; O THC estimula o apetite e o canabidiol pode suprimi-lo; O THC induz o sono e o CBD induz a vigília.” Assim, a escolha do tipo de produto e o ajuste da dose dependerá das necessidades do paciente.

Efeitos colaterais do canabidiol

iStock

Segundo o Dr. Lais, “medicamentos à base de maconha têm um alto perfil de segurança terapêutica. No entanto (…) pode ter um efeito tóxico quando a dosagem é excedida.” Confira esses efeitos abaixo:

  • sonolência excessiva;
  • Prostração;
  • Tontura;
  • Dor de cabeça;
  • queda da pressão arterial;
  • boca seca;
  • Taquicardia.

“Medicamentos à base de maconhafeitos de extratos de plantas inteiras tendem a ter menos efeitos colaterais do que formulações isoladas.” Além disso, o médico acrescentou que esses efeitos, se presentes, são comuns “no período de ajuste de dose no início do tratamento e diminuem ao longo de várias semanas”. Assim, ela enfatizou a importância de consultar um médico especialista para oferecer ao paciente um tratamento e uma análise individualizada.

Onde comprar CDB

No Brasil, compre medicamentos à base de maconha“Você precisa consultar o seu médico prescritor, que adaptará a prescrição às suas necessidades de saúde”, explicou o médico. A partir disso é possível obter o produto por meio de importações, farmácias ou associações de cannabis.

O uso de CBD é regulamentado pela ANVISA, que publicou uma resolução em 2019 (RDC 327/19) concedendo licença sanitária para fabricação e importação de produtos à base de CBD. maconha(1). “Esta resolução estabelece requisitos para a comercialização, prescrição, dispensação, monitoramento e verificação de produtos maconha para fins medicinais”, reforçou o médico.

Interessado em saber mais sobre os benefícios para a saúde do canabidiol? Aproveite e veja os benefícios do Ginko biola para o corpo.

Esse conteúdo foi útil para você?

SimNão

As informações contidas nesta página são apenas para fins informativos. Não substituem o aconselhamento e supervisão de médicos, nutricionistas, psicólogos, atletas e outros especialistas.



[ad_2]

Source link

Deixe um comentário