o que é quais as causas e quis são os potenciais sintomas

Foto do autor
Written By Livia Andrade

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur pulvinar ligula augue quis venenatis. 

[ad_1]

Canva

Erika Balbino

Em 13/06/22

Normalmente, o cisto vaginal e benigno, assintomático e não atrapalha seu cotidiano. No entanto, existem tipos diferentes de cistos que podem suscitar inflamações e desconfortos. Parafalar sobre o tópico, a Dra. Monique1 Validade do CEJAM (CRM9141), ginecologista da Hospitalar Campo Limponique, Unidade pelo CEJAM, explicou em quais situações que devem ser tratadas. Confira!

O que e o cisto vaginal

Segundo um ginecologista, o cisto vaginal “é um acúmulo de líquido ou pus no interno da vagina, que pode ser decorrente de traumatismos locais, acúmulo de líquido ainda no período embrionário que não se regrediu espontaneamente ou alguma infecção/tumor.”

Alem disso, pode ser “decorrente do meato de Gartner, um órgão não apresenta nenhum período fetal, que geralmente desaparece com o passar do tempo mas não evoluiu em algumas mulheres.” O cisto vaginal também pode estar relacionado com o acúmulo de líquido na glândula de Barthlin e que é responsável pela soma também.”

A profissional explica que os cistos geralmente não causam maiores complicações. No entanto, “a formação de antibióticos de tumefacção da glândula mamária pode ser infectada por terapia sexualmente transmissíveis, pode gerar a formação de abcessos da glândula com premência de realização mesmo de drenagem da glândula.”

Tipos de cistos vaginais

Canva

Existem alguns tipos de cistos vaginais que variam de tamanho e região. Sendo assim, a ginecologista citou as mais comuns:

  • Cisto de vagina incluso: segundo a Dra. Monique, esse é o tipo de cisto vaginal mais generalidade, sendo normalmente “causado por uma lesão na parede da vagina, podendo ser decorrente de partos ou cirurgias, por exemplo”;
  • Cisto de Bartholin: a gyologista explicou que esse cisto pode desenvolver nas glândulas de Bartholin e, caso inflamado, pode ocorrer uma formação de cistos denominados bartolinite. “Ocorrer obstrução da glândula, pois forma um acúmulo de líquido e edema no lugar. mas é indolor, mas pode tornar um abscesso muito doloroso se for infectado”;
  • Cisto de Gartner: está localizado na região anterior ou lateral da vagina. Se trata de um “ór apresentar no período fetal, que normalmente vai concluir com o passar do tempo.” Porém, alguns casos, podem não vanescer e produzir acúmulo de líquido na região.

Agora que você já sabe quais são os cistos vaginais mais comuns, veja quais são os sintomas que já podem ocorrer e atente-se!

3 sintomas mais comuns do cisto vaginal

A comentou que, geralmente, os cistos vaginais não apresentam sintomas médicos. Porem, do tamanho, podem apresentar a forma de esfera na parede vaginal, podendo suscitar:

  • Desconforto;
  • Não lugar;
  • Dor durante a relação sexual.

Embora algumas vezes assintomáticas possam apresentar algumas diferenças ou diferenças no corpo. Caso, é importante buscar ajuda para julgar o caso e, se necessário, tratá-lo.

Porquê tratar o cisto vaginal

Canva

De harmonia com um tratamento ginecologista, o tratamento da desculpa e do tamanho vaginal. Ou seja, “cistos pequenos e que não causam nenhum sintoma não precisam ser retirados. Já aqueles cistos maiores e que facilitam na paciente podem ser retirados cirurgicamente.

A a a manifestar que “nos casos de cistos de Bartholin, o tratamento médico normalmente com antibióticos e pode ser necessária drenagem”.

É fundamental praticar uma autoanálise e consultar um ginecologista logo que um tanto normal. Dessa forma, veja quais são os exames ginecológicos que a mulher precisa fazer e cuidar da sua saúde íntima.”

As informações contidas nesta página têm meramente meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e séquito de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de instrução física e outros especialistas.

[ad_2]

Deixe um comentário