o que e e quais são os seus benefícios?

Foto do autor
Written By Livia Andrade

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur pulvinar ligula augue quis venenatis. 

[ad_1]

Envato

A sustento costuma ser um ponto muito discutido por quem procura uma vida mais saudável. Mas, além das dúvidas sobre uma vez que se fomentar muito, na correria do dia a dia pode ser difícil estabelecer bons hábitos alimentares. É aí que entra a nutrição comportamental.

Para saber mais sobre a técnica e seus benefícios, confira o que uma técnico em comportamento fomentar, Nathalia Duval (CRN-2 9393), revela sobre o matéria!

O que é nutrição comportamental?

nutricional comportamental

Envato

Há anos, profissionais uma vez que nutricionistas e muitos psicólogos estudam os hábitos alimentares das pessoas e sua relação com a comida. Justamente para facilitar na compreensão desses fatores, surgiu uma Nutrição Comportamental que compreende os hábitos alimentares de forma biopsicossocial.

Nathalia explica que a nutrição comportamental é “uma abordagem ampla e humana da nutrição para o quidam que se alimenta, que tem uma vez que principal objetivo promover mudanças efetivas de comportamento diante da comida”.

Aliás, a nutricionista conta que os profissionais que prescrevem mais que prescrever um projecto fomentar contarão com a dificuldade dos profissionais que prescrevem. Assim, buscamos aspectos uma vez que “a maneira que são feitas uma vez que escolhas alimentares; uma vez que, onde e com quem são realizadas uma vez que refeições; crenças, pensamentos e sentimentos a saudação da comida; e relação com a comida e comportamento diante dela.”

A técnico destaca que a abordagem o ser humano em sua totalidade, “atentando-se para o contexto psicossocial que cada pessoa está inserida para, assim, promovendo mudanças se movimentando na rotina”, contribuirá consequentemente para o contexto psicossocial que cada pessoa está inserida na sua saúde”,

Em relação à indicação da nutrição, Nathalia afirma que o processo só deve ser realizado com um técnico profissional e pode ser feito por qualquer pessoa cansada de fazer dietas muito restritivas ou que sintam que não possuem um coma re.o.

“É para quem desejamos a servir a fundo sua mudança significativa e duradoura no seu comportamento fomentar de forma gradual, gentil e a servir a si mesmo”, gerar uma sustento a ser idealizada.

Ainda pontua que a nutrição comportamental “não pactua com sustento saudável”, pois, além de objetivar uma sustento saudável, procura compreender o manducar de uma maneira profissional holística: “deve ser harmónico com a história e o contexto de vida de cada pessoa questões físicas , cruzadas, culturais, socialis e economicas da sustento.”

A nutrição comportamental ajuda emagrecer?

Segundo Nathalia, a nutrição compormental não está focada na perda de peso, apesar de “serem observadas as mudanças de peso e outros parâmetros uma vez que uma consequência, geralmente a médio e longo prazo, do processo de mudança fomentar”.

“O foco da abordagemé facilitar a pessoa a ter uma melhor relação com a comida e mudar seus hábitos alimentares”, explica um técnico. Aliás, ela ressalta que “tanto os parâmetros peso uma vez que objetivo suplementar e outros critérios clínicos uma vez que níveis de glicose e colesterol, por exemplo, não são padrões”, por isso não fazem segmento do principal do processo.

Princípios e características da nutrição comportamental

Para contextualizar o foco da nutrição comportamental de maneira didática e breve, Nathalia revela dos princípios. Acompanhe a seguir:

  • Compreender uma sustento de maneira integral: Usando uma vez que olhar o livro Nutrição Comportamental (2019), Nathalia origina que se refere a proposta da abordagemé para o ser humano de uma forma universal e inclusiva, entendendo tanto seus gostos suas possibilidades pessoais de mudar uma sustento.
  • Permitir uma relação positiva com a comida: Nathalia conta que a categorização de mantimentos entre bons x ruins, e varão guerra x não varão ódio, implica “em uma relação de paixão e ódio com a comida, uma interna toda vez que se tem que manducar”. ponto, um profissional formular que a nutrição imaginar nesseportamental promove a teoria de que “todos os os mantimentos saudáveis ​​podem fazer segmento de uma sustento saudável”.
  • Compreender a rafa ea saciedade: focando na relação com a comida, a nutrição por rafa emocional, alegria por sentimentos de tristeza, sofreguidão, etc.
  • Priorizar saúde e bem-estar: Contexto de uma sustento saudável, sem ensino por pessoa comportamental, uma ensino que cria uma sustento em pessoa, ensino uma vez que uma sustento saudável, sem ensino, por pessoa comportamental, uma ensino para a ensino, cada pessoa, uma vez que uma sustento saudável para todo o comportamento, para cada pessoa, para ensino, uma vez que para uma sustento saudável para todo o comportamento, para cada pessoa, para ensino, para uma sustento saudável para todo o comportamento, para cada pessoa. .

Recompensar sua sustento de uma maneira positiva e fundamental para a saúde de uma maneira universal. Busque um profissional técnico no matéria para facilitar no processo de mudanças alimentares.

3 vídeos sobre nutrição comportamental para aprofundar seu conhecimento no matéria

Se interessou pelo matéria e quer desenredar mais coisas? Logo os vídeos a seguir que falam de uma maneira simples e didática sobre a nutrição comportamental pode te ajudar a melhorar sua relação com a comida!

Nutrição comportamental no processo de emagrecimento

Passando um quadro sobre a abordagem e despertando alguns questionamentos sobre os hábitos alimentares na sociedade, a nutricionista Laura Hofmeister explica uma vez que se dá a relação entre a nutrição comportamental e o emagrecimento.

Explicando a nutrição comportamental

Nesse vídeo, a nutricionista Annie Bell explica o que é o concepção de nutrição comportamental, seus princípios e uma vez que as técnicas são aplicadas no consultório. Aliás, um técnico aponta sobre as diferenças da nutrição convencional que comumente utiliza dietas prontas e/ou mais restritivas, considerando a singularidade de cada pessoa.

Opinião pessoal de uma nutricionista sobre a NC

Além de explicar conceitualmente sobre que é nutrição a comportamental, a nutricionista Antoniela Vieira abre o matéria falando sobre sua relação com a antes e depois de adotar o método em seu dia a dia, citando os benefícios e a comida.

Ainda há muito o que aprender sobre sustento e até mesmo desconstruir as crenças relacionadas à comida. Uma forma de trabalhar com isso é cuidando da sua saúde mental.

As informações contidas nesta página têm meramente meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e comitiva de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de ensino física e outros especialistas.



[ad_2]

Deixe um comentário